17 de julho de 2006

 

Por que a imprensa não publica a Lista de Furnas?

A perícia da Polícia Federal atestou que a assinatura do ex-diretor de Furnas, Dimas Toledo, que consta na Lista de Furnas é autêntica. A Lista de Furnas é uma relação de 156 políticos, na maior parte do PFL e do PSDB, que receberam dinheiro ilegal no caixa 2 através da estatal mineira, em 2002. O crime não está prescrito.

Quando era para noticiar o criativo e imaginário mensalão, as manchetes vinham fácil na Folha, Estadão, O Globo ou no Jornal do Brasil e em todos os jornais de província que copiam sem pensar e sem checar o que as respectivas agências de notícia distribuem. Os redatores e editores de muitos jornais, de repente, se viram tomados de rigores éticos, que não tiveram com a, digamos, Lista do Mensalão fabricada nos laboratórios do PSDB/PFL.

Basta um telefonema. O Instituto Nacional de Criminalística comprovou não haver montagem no documento assinado por Dimas Toeledo, apesar de seus depoimentos em contrário na PF e na CPMI dos Corrreios. O cara mentiu. Mas o que saiu na imprensa foram apenas os enfáticos e “indignados” desmentidos dos suspeitos do PFL e do PSDB.

E haja gente ética na Lista de Furnas. José Serra, GERALDO ALCKMIN, Aécio Neves, Eduardo Azeredo , Artur Virgílio...essa pergunta vem sendo feita insistentemente pelo www.osamigosdopresidentelula.blogspot.com e ninguém responde. A mídia ficou muda, cega e surda.

Precisamos de ética na imprensa, minha gente!

Comments: Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?